terça-feira, 30 de maio de 2017

Portugal: 24 cidades que irão desaparecer por causa do aquecimento global

Aquecimento global: Barreiro, Costa da Caparica e Tróia vão desaparecer!

Com o aumento do aquecimento global, estas cidades estão em risco e vão ser as primeiras a inundar.


O fenómeno do aquecimento global está na origem do degelo do Oceano Ártico e na elevação do nível médio da água do mar – ou seja, o nosso país está em sério risco, ao contar com uma frente marítima tão vasta e ao ter tantas pessoas a viver na área litoral.
É verdade: há muitas cidades portuguesas que correm o perigo de inundação, total ou em parte.
E esta tragédia pode acontecer mais depressa do que julgamos: afinal, o degelo do Oceano Ártico está a ocorrer rapidamente, contrariando as previsões da comunidade científica.
Por exemplo, quando o aquecimento global provocar uma subida de 4º C, é possível que haja uma elevação de até 7 metros no nível da água do mar.
São 24 as cidades portuguesas em risco:
1. Vila Real de Santo António
2. Faro
3. Olhão
4. Portimão
5. Lagos
6. Tróia
7. Setúbal
8. Costa da Caparica
9. Barreiro
10. Moita
11. Montijo
12. Peniche
13. Nazaré
14. Figueira da Foz
15. Montemor-o-Velho
16. Ovar
17. Espinho
18. Aveiro
19. Matosinhos
20. Vila do Conde
21. Póvoa de Varzim
22. Esposende
23. Viana do Castelo
24. Caminha
Veja este vídeo, que enumera as cidades nacionais que deverão desaparecer com o aquecimento global, tendo como previsão uma subida de 7 metros, o que é possível que ocorra até 2050.





Partilhe este alerta tão importante para o nosso país!

Fonte: Dicasonline.pt

Ovar, 30 de maio de 2017
Álvaro Teixeira