Divagar e Conversar

Ads Here

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Manuel Alegre condecorado pelo Presidente da República

O nosso Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou Manuel Alegre com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Santiago de Espada.
Muitas vozes se levantaram contra esta condecoração, mas nenhumas delas, com algum sentido, alegando que Manuel Alegre teria sido um desertor, quando este nosso ilustre cidadão cumpriu, como muitas centenas de milhares, o serviço militar, em Angola.

NAMBUANGONGO - Meu amor (Poema de Manuel Alegre cantado por Paulo de Carvalho)


 
Manuel Alegre, depois do seu regresso a Portugal, exilou-se na Argélia e foi, a partir daí, através da Rádio Voz de Argel, começou a transmitir as suas mensagens contra o colonialismo português.
Dizem, todos aqueles que querem deturpar a sua personalidade, que ele divulgava mensagens, pela rádio, das posições das nossas tropas. Isto não pode corresponder à verdade, porque, naquele tempo, as notícias não corriam à “velocidade da luz”, como agora.
Eu estive no Niassa, no extremo norte, e ouvia a Rádio da Frelimo que só transmitia mentiras, pelo que admito que a Rádio voz de Argel, também, as transmitisse, mas que, certamente, pelo Manuel Alegre.
Tenho uma imensa consideração por este Homem que é um dos grandes poetas do nosso tempo.
O Presidente da República revelou uma imensa coragem na sua condecoração.

Ovar, 25 de outubro de 2016
Álvaro Teixeira